segunda-feira, 7 de junho de 2010

Filé-Mignon com Crosta de Três Pimentas

Acabo de pegar esta receita no http://www.receitasgourmet.com/ fazendo uso da ferramenta de procura aí do lado (Busca de Blogs de Culinária) - acho que esta ferramenta acaba de mudar a minha vida. Não foi nada complicado de fazer, ficou uma delícia... ainda que bastante diferente da foto o blog onde peguei a receita. Fiz algumas alterações - e faria outras, mas acho que acabo de descobrir um forte concorrente para o Filet au Poivre da minha sogra!



Primeiro você deve começar pelo molho (Molho Rosé), que é um pouco demorado e requer a sua presença, podendo ferver, derramar, estas coisas que acontecem. Uma vez que ele esteja adiantado, você pode ir para a carne propriamente dita, que deve ser começada pela crosta (sim, eu estava procurando uma crosta para carne).

Filé-Mignon com crosta de Três Pimentas

(adaptado do chef Claude Troisgros - que aliás... usa 4 pimentas... e eu só tinha 3 pimentas!)


175g de manteiga
1 colher (sopa) de cada pimenta
3 colheres (chá) de alho picado
150g de pão de forma ralado
(umas 4 fatias)
50g de queijo suíço ralado grosso
(coloquei mais)
4 filés limpos de 200g cada
Sal e pimenta do reino
Molho Rosé

Crosta de Pimenta: Derreta a manteiga em uma panela e doure o alho picado. Junte toda a pimenta amassada e deixe tostar - amassar a pimenta é um problema: você deve colocá-la em um saquinho e bater com um martelo de cozinha, nada mais funcionando. Desligue o fogo e junte o pão de forma ralado (eu usei um mixer) e o queijo ralado. Tempere com sal e deixe esfriar.
Filé-Mignon: Tempere o filé com sal e pimenta moída na hora e coloque na frigideira ou grelha quente com um fio de azeite. Para obter um filé mal passado, 4 minutos são suficientes. Coloque em um refratário e cubra com a crosta de pimenta, levando ao forno pré-aquecido por mais 5 minutos. A crosta deve ficar tostada e crocante.

Eu acompanhei com um purê de batatas simples, já que a Gallete de Batatas sugerida pelo autor do blog está muito além das minhas capacidades, mas o efeito foi o desejado. A melhor parte... o Molho Rosé, que pode ser usado sozinho para acompanhar carnes e é ótimo.

Molho Rosé
1 colher (sopa) de manteiga
1 cebola roxa picada
1 dente de alho picado
1 colher (sopa) de conhaque*
1 colher (sopa) de vinagre balsâmico (aceto)
100ml de vinho branco seco
1 colher (sopa) e extrato de tomate
300 ml de creme de leite fresco
Salsinha
Sal e pimenta do reino


Refogue na manteiga a cebola e o alho. Adicione o conhaque, o vinagre balsâmico e o vinho branco, misturando bem. Coloque o extrato de tomate e deixe reduzir totalmente. Acrescente o creme de leite, aos poucos, deixando reduzir em fogo baixo até 1/4 do volume - o que deve demorar por volta de 20 minutos. Tempere com salsinha, sal e pimenta do reino.


* Substituí o conhaque por whisky... Porque o conhaque aqui de casa não é para cozinhar, Paula!

Um comentário:

  1. testei esse prato e todos amaram! muito bom. novamente; parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir